Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Divulgação
tite2 1260x710
A seleção brasileira venceu e convenceu a todos que assistiram a partida contra o Uruguai no Estádio Centenário em Montevidéu. Os números de Tite são incontestáveis, no comando da amarelinha o treinador tem 100% de aproveitamento nas Eliminatórias. Sobre o jogo, o técnico afirmou que não esperava por isso. “É o oitavo jogo, eu não tenho a real dimensão de crescimento e de quanto o time pode absorver”.

O treinador também comentou sobre o desempenho do time após o gol do Uruguai. “Eu fiquei feliz em alguns aspectos, o desempenho durante do time durante os 90 minutos, a capacidade de absorver o gol, sair atrás e continuar jogando em cima de uma proposta, uma ideia”, afirmou Tite.

Para Tite, a vitória foi histórica, mas o placar não. “Eu nasci muito perto daqui, no Rio Grande do Sul, nós temos hábitos parecidos, somos muito competitivos, vencer aqui é muito difícil, mas não pelo placar, pela vitória sim.”

Sobre o poder de reação da seleção brasileira que saiu em desvantagem no placar pela primeira vez na Era Tite, o treinador foi categórico. “É um censo de equipe e quando ela adquire confiança, quando sente o gosto de ter um desempenho bom e por isso vencer, ela se fortalece. Assim como eu sei que um dia ela vai perder, é inevitável, mas se perder jogando um bom futebol, é do jogo é da vida”, afirmou o treinador.

Paulinho foi a grande estrela da noite, o volante fez um hat trick, marcou três gols, dentre eles uma pintura de fora da área. Tite elogiou o atleta. “O Paulinho e todos os atletas adquiriram uma consciência muito grande de serem atletas na acepção da palavra. Paulinho não tem percentual de gordura, atleticamente. Você vê como todos eles estão bem, todo trabalho da CBF nos proporcionou isso”, elogiou o técnico.

carregando...

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757