Foto: Eduardo Ferreira
EDU 8117
Ao escolher apoiar Vanderlan Cardoso (PSB) à prefeitura de Goiânia, o governador Marconi Perillo (PSDB), mais uma vez, busca para seu lado uma liderança política que se destacou fazendo oposição ao tucanato em Goiás.

O ex-prefeito de Senador Canedo e candidato ao Paço neste ano disputou as eleições estaduais de 2010 e 2014 em contraposição direta a Perillo, inclusive com críticas exasperadas, em alguns momentos, a programas fundamentais para as administrações de Marconi.

Com o mesmo discurso de independência assumido no segundo turno em 2014, quando manteve neutralidade que favoreceu o governador naquela disputa, Vanderlan alega se manter independente em 2016, apesar do apoio recebido do PSDB e partidos governistas.

Já o governador, comemora a aliança e espera que as obras e programas do governo estadual em Goiânia sejam ressaltadas na campanha de Vanderlan. Sobre o relacionamento com o candidato, Perillo garante, claro, que não guarda mágoas, por mais acirrada que tenha sido a relação em eleições anteriores.

“Olha, eu não guardo mágoa de processos eleitorais, não guardo rancor em relação a ninguém. Passou o processo eleitoral, a gente vira a página e o importante é a gente discutir as coisas em relação a projetos e não em função de pessoas ou interesses pessoais. O que vai valer é o projeto que ele e os outros candidatos vão apresentar à população goianiense. Projetos que sejam ousados, mas com os pés no chão, factíveis”, afirmou ao Blog o governador Marconi Perillo.

 

@RubensSalomao

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757