Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Praça do Trabalhador. Foto: Reprodução/ Internet
pcatrabalhador
Equipes de fiscalização da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh) realizaram nesta sexta-feira (24) uma ação fiscal na região da Praça do Trabalhador visando coibir o comércio ilegal de produtos no local.

Durante a ação, que contou com o apoio da Guarda Civil Metropolitana (GCM) de Goiânia, os auditores fiscais da Seplanh expediram 14 autos de apreensão e apreenderam centenas de produtos que estavam sendo comercializados de forma irregular. Além da apreensão dos produtos, os comerciantes receberam multas que variam de R$ 285 a R$ 570 reais, podendo ter seu valor dobrado em caso de reincidência.

Os produtos foram remetidos ao Deposito Público Municipal e, seus proprietários tem agora prazo de 48 horas para retirar os produtos perecíveis e até cinco dias úteis para os demais, mediante o pagamento da multa. Caso contrário, os produtos irão à leilão público e os perecíveis serão doados para entidades carentes conveniadas à Prefeitura de Goiânia.

*Com informações da Prefeitura de Goiânia

carregando...

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757