Foto: Arquivo Portal 730
sandes junior
O deputado federal Roberto Balestra (PP-GO) recebeu convite para assumir a Secretaria Estadual de Desenvolvimento (SED). Caso ele aceite, o suplente Sandes Júnior vai voltar à Câmara dos Deputados. O parlamentar trata possibilidade como sacramentada.

"Antes da viagem, o governador me disse para eu ir preparando os projetos para apresentar em Brasília," revelou o deputado em entrevista à Rádio 730, na manhã desta quinta-feira (12).

Ouça a entrevista completa de Sandes Júnior: 

 

Eleição da Câmara

Para Sandes Junior os partidos de Centro erram ao lançar duas candidaturas. Segundo ele, o deputado Rogério Rosso (PSD-DF) deveria retirar a candidatura e apoiar o goiano Jovair Arantes (PTB). "Eu acredito que o Jovair tem todas as chances de ganhar. Agora, ele não pode ir dividido com o Rosso," analisa.

O suplente de deputado acredita que a presidência da Câmara vai ficar entre o atual presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Jovair Arantes. O temor de Sandes é que o bloco de esquerda apoie o democrata no segundo turno como aconteceu na eleição tampão realizada no meio do ano passado.

 

2018

Sandes revela que o governador Marconi Perillo garantiu que uma vaga na chapa majoritária da próxima eleição será do PP. Neste caso, inicialmente, dois nomes pleiteiam a disputa pelo Senado. O primeiro é o senador Wilder Morais e o segundo é o deputado federal Roberto Balestra.

José Eliton é o nome da base do governador Marconi Perillo para o governo goiano em 2018. Segundo Sandes está é uma questão praticamente sacramentada.

O suplente de deputado aponta que José Eliton vai coordenar a distribuição dos recursos da venda da CELG e outros oriundos do BNDES em obras pelo Estado. Ou seja, o governo estadual vai turbinar o vice-governador para fortalecer o nome dele para 2018.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757