Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

432d49479aafce0eac5ac72f683a4075O Atlético completou neste domingo apenas a sua quinta partida em 2017, sendo o terceiro jogo oficial no Campeonato Goiano. Evidente que após duas derrotas o torcedor mais pessimista começa a ficar preocupado e com o pé atrás com o novo time.

No entanto, é preciso ter paciência com a montagem de um clube que perdeu uma base praticamente inteira após o título brasileiro no ano passado. É importante ressaltar que o sucesso que teve o Atlético no ano passado não nasceu em 30 dias de trabalho.

O Marcelo Cabo e sua comissão técnica tem trabalhado muito para colocar neste novo time um padrão técnico e tático no mínimo semelhante ao de 2016. O Atlético está em crescimento e vai melhorar no decorrer do Campeonato Goiano, e para que isso aconteça, é extremamente necessário que a torcida compreenda o momento de remontagem do time com o carro andando.

Sinceramente, após os três jogos do Atlético e duas derrotas nos clássicos, não vi o dragão inferior ao Vila Nova e nem ao Goiás. As duas derrotas se deram por lances tipicamente isolados, como os dois pênaltis.

Acompanhando o dia a dia do clube eu posso afirmar que acredito que o Atlético vai classificar as finais da competição e vai mostrar um futebol muito melhor do que tem apresentado atualmente.

O Atlético tem duas peças que fazem muito a diferença – o primeiro é o Adson Batista, um dos melhores gestores do Brasil. O outro seu treinador, Marcelo Cabo continua no mesmo padrão elevado do título brasileiro, faltando ainda apenas um pouco mais de sorte.

carregando...

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757