Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Claudemir Peres (Foto: Divulgação)
claudemir
O Polo Petroquímico avançou a passos largos em 2017, com a implantação de diversos projetos sob a coordenação do Comitê de Fomento Industrial do Polo do Grande ABC – COFIP ABC. Realizar foi a palavra de ordem nesses 12 meses, uma vez que todas as ações previstas em nosso planejamento estratégico no começo do ano não só foram entregues, como superaram toda e qualquer expectativa.

Desafios não faltaram para uma grande equipe de voluntários, dedicados à implantação dos objetivos estratégicos da entidade, que atua como articuladora de ações compartilhadas entre as indústrias e interlocutora do setor com os seus principais públicos de interesse, em prol do desenvolvimento sustentável da região. As realizações comprovaram a crença do COFIP ABC, de que as empresas geram mais valor se forem unidas e integradas.

Prova disso foi a implantação de iniciativas que estreitam o relacionamento com a população, como o Conselho Comunitário Consultivo – CCC, que fortaleceu o diálogo com líderes comunitários, eleitos por representantes da sociedade. Dentro desta interface, houve também a implantação do programa Portas Abertas, que prevê a realização de visitas monitoradas a indústrias do Polo Petroquímico, conforme calendário com rodízio de empresas que sediam o encontro.

Dessa maneira, é dada à população a oportunidade de visitar as instalações, conhecer in loco os processos industriais e tirar dúvidas. Outra grande conquista para o Polo em 2017 foi a publicação do primeiro book de indicadores de excelência em saúde, segurança e meio ambiente, resultado de ações de benchmarking entre as empresas. A partir desse material, haverá o acompanhamento anual de diversos dados para a identificação dos avanços e das oportunidades de melhoria. 

Não se pode falar de polo petroquímico sem considerar que a segurança seja o principal valor, afinal só existem negócios se houver segurança. Nesta direção, houve avanços, sobretudo, com iniciativa pioneira, que terá frequência anual: o primeiro simulado integrado de emergência, que contou com a participação de diversas empresas e importantes instituições públicas. O simulado, inclusive, representa o primeiro passo para a implantação de duas iniciativas focadas em segurança: o Plano de Emergência para a Comunidade – PEC e o Plano de Contingência do Polo – PCP.

Com isso, está em planejamento para o segundo semestre de 2018 a realização do primeiro simulado de emergência com a participação da comunidade.  Tão importante quanto essas realizações foi a estruturação do modelo de governança para o COFIP ABC, primordial para a perenidade de todos os projetos. Assim, já estão estabelecidas as práticas aceitas na gestão e nas interfaces com os stakeholders, a fim de proporcionar uma comunicação transparente junto aos públicos externos. 

Estas foram algumas realizações do COFIP ABC, que já se prepara para os desafios de 2018, como manter os programas que foram iniciados em 2017 – muitas vezes manter é muito mais desafiador que implantar – e realizar a primeira revisão dos objetivos para o alinhamento das estratégias. Finda-se, assim, um ano de grandes resultados para dar vez a outro de bons desafios e oportunidades para celebrarmos.

*Claudemir Peres, presidente do Comitê de Fomento Industrial do Polo do Grande ABC – COFIP ABC.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757