Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail


sarauA mesa de debates do programa Sarau 730, que vai ao ar neste sábado, 4,às 19h, aborda a educação no século XXI, dificuldade de aprendizagem dos alunos, reforma do ensino médio, a saúde dos profissionais do setor e outras realidades em Goiás.

Presentes, um decano da educação no estado, Professor Osnir Pinto, com larga folha de serviços prestados ao setor, como professor da rede particular e da rede publica, e que hoje, mesmo aposentado, continua a dar aulas; e a presidente do Sintego -Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado de Goiás, Professora Bia de Lima.

Foram convidados pela produção representantes da Seduce – Secretaria Estadual de Educação, Cultura e Esportes para o debate, porém, de acordo com a assessoria de comunicação do órgão, não haveria pessoal disponível para abordar o assunto no horário do programa.

Um debate interessante e revelador. Situações como a precariedade das escolas, salários assustadoramente baixos, as realidades que os professores vivem em sala de aula, violência nas unidades, tudo isso colocado de maneira objetiva e direta.

A Professora e Presidente do Sintego, Bia de Lima, relata que após a perda da titularidade em 2013 - direito que consideram ainda hoje e é objeto de ação judicial -, a situação do profissional de educação se agravou ainda mais.

Segundo a presidente, esse é um dos fatores que mais contribuem para o elevado numero de profissionais que estão em licença para tratamento de saúde – principalmente de doenças como depressão, síndrome do pânico e ansiedade – e estão fora da sala de aula. Tal fato fez com que o sindicato criasse uma assessoria especial para monitorar e acompanhar esses casos.

O professor Osnir Pinto manifesta sua visão e critica o baixo numero de alunos matriculados no projeto de escola integral, que segundo ele, foi feito de maneira muito rápida, sem debate com a comunidade escolar e a sociedade, e acima de tudo, sem planejamento. Segundo ele, apenas para atender determinação do governo federal.

A repórter Bruna Moreira promoveu enquete entre populares, que colocaram suas realidades e impressões sobre o assunto, fizeram perguntas e deram opiniões, que foram respondidas e debatidas pelos convidados.

Um retrato da educação, mostrado por quem trabalha e vive a realidade da educação de maneira intensa e cotidiana em Goiás. É esse o tema do programa Sarau 730 que como sempre, traz temas relevantes e de interesse da sociedade.

O programa Sarau 730 tem direção e produção de áudio de Roberval Silva, produção e reportagens de Bruna Moreira e apresentação do jornalista Paulo Rolim.

Imperdível: neste sábado, dia 4, 19h.

  

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757