Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Reprodução/ Internet
incendioportugal
A Comissão Europeia liberou 1,5 milhão de euros a Portugal por meio do Fundo de Solidariedade da União Europeia. O montante corresponde a 10% dos 15 milhões de euros solicitados pelo governo português como auxílio emergencial para reconstrução das cidades e operação de limpeza dos terrenos causados pelos incêndios de junho, julho e agosto. Este ano, cerca de 100 pessoas morreram devido às chamas.

“Estamos profundamente solidários com Portugal, com os seus habitantes e com os que de forma corajosa e incansável lutam contra as chamas. Desde junho, a União Europeia tem vindo a fazer o máximo possível para ajudar as autoridades portuguesas a conter e vencer os incêndios. Iremos apresentar propostas nesse sentido no final do mês”, afirmou a comissária de Política Regional, Corina Cre u.

Em outubro, apesar de o país já ter passado pelo período crítico de incêndios, mais de 500 focos deixaram dezenas de mortos e feridos e centenas de pessoas desalojadas. Após esses episódios, o país solicitou uma ajuda financeira ainda maior. A Comissão Europeia vai analisar o segundo pedido apresentado pelas autoridades portuguesas.

O apoio financeiro vai contribuir para restabelecer as infraestruturas e os serviços públicos afetados pelos incêndios, assim como para cobrir os custos da ajuda de emergência e das operações de limpeza.

Da Agência Brasil

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757