Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Jeduardo FN/Flickr
rodagigante
O Instituto de Criminalística da Superintendência de Polícia Técnico-Cientifica entregou nesta quarta-feira (27) ao titular do 1º Distrito Policial, Izaías Pinheiro, o laudo do acidente ocorrido com o brinquedo Twister no Parque Mutirama, no dia 26 de julho deste ano, no qual várias pessoas ficaram feridas. 

O documento aponta várias irregularidades como assentos danificados e uma fissura, ou uma pequena rachadura, constatada na peça que era ligada ao eixo central do brinquedo.

O problema já havia sido detectado no ano de 2011, mas de acordo com o gerente do Instituto de Criminalística da PC, Rodrigo Irani Medeiros, não houve acompanhamento do problema, fato que contribuiu para que ocorresse o acidente.

Segundo Rodrigo Irani Medeiros, o brinquedo não poderia ser utilizado.

O perito destaca ainda que a tragédia poderia ter sido maior, caso o brinquedo tivesse tombado para o lado oposto que caiu.

O responsável pela investigação, Izaías Pinheiro, ressalta que o laudo confirma o que já foi constatado pela polícia, e que pelo menos três pessoas serão indiciadas: o engenheiro do Mutirama, o supervisor e o presidente da Agência Municipal de Turismo, Eventos e Lazer (Agetul).

Com informações do repórter Jerônimo Junio

 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757