Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Reprodução/ Internet
ufg
O estudante Ariel Ben Hur Costa Vaz, cuja idade não foi divulgada, morreu na noite desta sexta-feira (15) durante um tiroteio dentro do Campus II (Samambaia) da Universidade Federal de Goiás (UFG), em Goiânia. Além dele, Marcos Eduardo de Melo Souza, ficou ferido e foi encaminhado para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage (Hugol). A assessoria de imprensa da UFG informou que o caso aconteceu durante uma “Calourada Integrada”.

Segundo a Polícia Civil, Ariel chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) mas morreu a caminho do Centro de Atenção Integral à Saúde (Cais) do Setor Campinas. O delegado responsável pelo caso, Hellyton Carvalho, afirmou que o ambiente já estava vazio quando a polícia chegou.

De acordo com o delegado, objetos espalhados em frente ao Centro de Convivência indicavam que um evento teria sido realizado no local. Além disso, algumas cápsulas de arma .40 também estavam espalhadas pelo chão. Até o momento, nenhuma testemunha foi localizada. A polícia ainda não tem informações sobre a motivação e autoria do crime.

A UFG se pronunciou sobre o caso por meio da seguinte nota:

"É com profundo pesar que a Reitoria da Universidade Federal de Goiás (UFG) recebeu a notícia da morte do estudante Ariel Ben Hur Costa Vaz, que cursava Ciências Ambientais, na madrugada deste sábado (16/9). É um momento de grande dor e tristeza para toda a comunidade universitária. A UFG se solidariza com familiares e amigos e expressa as mais sinceras condolências diante desse trágico acontecimento.

Desde que foi informado do incidente envolvendo o estudante, na noite desta sexta-feira (15/9), o reitor Orlando Amaral determinou que a equipe de Segurança da UFG, que estava instruída a monitorar o evento, coletasse mais informações para esclarecer o caso, que será acompanhado de perto até a identificação dos envolvidos e apuração de responsabilidades.

O estudante foi baleado durante uma festa promovida pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE), no Câmpus Samambaia. Como acontece todos os anos, o DCE solicitou à Reitoria da UFG autorização para realizar sua tradicional calourada, como forma de promover a integração dos novos estudantes. A festa, que previa em sua programação a apresentação de grupos musicais, ocorreu nesta sexta-feira (15/9), no período de 15h às 23h.

A contratação de seguranças, a locação de banheiros químicos e a limpeza após a festa era de responsabilidade dos estudantes que organizaram o evento.A Reitoria continua em contato com os organizadores da calourada e com a equipe de Segurança da UFG para apurar mais detalhes sobre o incidente e reitera o compromisso de trabalhar para o melhor esclarecimento dos fatos e a apuração de responsabilidades".

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757