Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Parque Mutirama (Foto: Johann Germano/Portal 730)
muti
O pedido de suspensão do processo seletivo foi feito pela titular da 50ª Promotoria de Justiça do Ministério Público de Goiás (MP-GO).

Em entrevista à Rádio 730, o presidente da Agência Municipal de Turismo, Eventos e Lazer (Agetul), Alexandre Magalhães, informa que acatou o pedido da promotora de suspender o processo seletivo simplificado. “Ela pede a suspensão para que seja feito um concurso público. Eu recebi a notificação e já vou cumprir a ordem”, afirma.

O presidente Alexandre Magalhães não informou o motivo para o pedido do cancelamento do processo seletivo e não estipulou um prazo para a realização do novo certame, mas disse que vai se reunir com a promotora ainda nesta semana para definir os detalhes sobre o concurso.

A reportagem da 730 não conseguiu contato com a promotora Leila Maria de Oliveira. O Processo Seletivo 001/17 serviria para a contratação de 274 profissionais para o preenchimento de vagas no quadro de pessoal da Agetul, para trabalhar no Parque Mutirama, no Zoológico e na Casa do Povo.

A Prefeitura de Goiânia se manifestou por meio de nota e pontuou que “com a interdição do Parque Mutirama, não há a necessidade de contratação imediata de funcionários”. O local está fechado desde o dia 26 de julho, data em que 11 pessoas ficaram feridas em um acidente com o brinquedo twister.

Leia a nota, na íntegra:

"A promotora de Justiça, Leila Maria de Oliveira, da 50ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público recomendou ao presidente da Agência de Eventos, Turismo e Lazer (Agetul), Alexandre Magalhães, o cancelamento do  Processo Seletivo 001/17 que serviria para a contratação de 274 vagas no quadro de pessoal. 

O pedido é para que ao invés de cargos temporários, seja realizado um Concurso Público para a Agetul, com a formação de quadro efetivo,  visto que com a interdição do Parque Mutirama, não há a necessidade de contratação imediata de funcionários, como especificado anteriormente."

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757