Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Reprodução/ Internet
stf123
Octacílio de Almeida Monteiro, Marcelo Traça Gonçalves, Enéas Bueno e Cláudio Garcia de Freitas, que estavam presos na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, na região central do Rio, foram liberados hoje (20), após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes.

As defesas dos presos haviam entrado com um pedido de liberdade no STF, como extensão aos habeas corpus concedidos por Gilmar Mendes, na semana passada, ao empresário Jacob Barata Filho e ao ex-presidente da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor), Lélis Teixeira.

Marcelo Traça Gonçalves, Enéas Bueno, Octacílio de Almeida Monteiro e Cláudio Garcia de Freitas foram presos em julho, por determinação do juiz da 7ª Vara Criminal Federal, Marcelo Bretas, na Operação Ponto Final, um desdobramento da Operação Lava Jato, apontados como envolvidos em esquema de corrupção no sistema de transporte público da capital fluminense.

Da Agência Brasil

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757