Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Posto de combustíveis ao lado do terminal da Praça da Bíblia (Foto: Google Street View)
postosao
O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (InMetro), do Rio de Janeiro, ministra curso de capacitação a agentes do órgão em Goiás, e da Polícia Civil, para que possam identificar fraude nas bombas de postos de combustíveis, durante as fiscalizações. De acordo com o superintendente do órgão em Goiás, André Abrão, durante uma atividade prática do curso, os agentes encontraram em uma das bombas de um posto, situado na Avenida Anhanguera, próximo à Praça da Bíblia, um dispositivo para fraudar o abastecimento.

O superintendente explica de que forma foi constatada a fraude no posto de combustíveis.

Com a irregularidade constatada na bomba pelos agentes, o motorista que pagava por 10 litros, acabava levando apenas nove no tanque. O titular da Delegacia do Consumidor (Decon), Webert Leonardo, destaca como as pessoas devem proceder para não caírem neste tipo de golpe.

O dono do posto Santo Expedito, Sebastião Juscelino Alves, foi preso em flagrante por crime contra as relações de consumo. A bomba que apresentava o dispositivo era a de etanol.

Com informações do repórter Jerônimo Junio

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757