Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Johann Germano/Portal 730
muti
Dois funcionários do Parque Mutirama prestaram depoimento nesta quarta-feira (16), no 1º Distrito Policial de Goiânia, sobre o acidente com o brinquedo Twister, ocorrido no último dia 26 de julho e que deixou 11 pessoas feridas.

Um dos funcionários que falou à polícia é José Carlos Amorim, de 56 anos. Era ele quem operava o brinquedo quando aconteceu o acidente. De acordo com o titular do 1º DP, delegado Isaías Pinheiro, o servidor realizava o trabalho há cerca de dois meses, e não tinha treinamento específico para fazê-lo.

A polícia questionou ainda sobre a reação do funcionário no momento em que o brinquedo quebrou.

Outro servidor que prestou depoimento foi o supervisor operacional do Parque Mutirama, Vanderlei Siqueira, como explica o delegado.

Ainda de acordo com Isaías Pinheiro, as investigações deverão continuar. Serão ouvidos outros funcionários como mecânicos, além do presidente da Agência Goiana de Turismo, Eventos e Lazer (Agetul), Alexandre Magalhães. Desde o dia do acidente, o Parque Mutirama está fechado.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757