Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Linha da Indonésia, mais poderosa que a chilena (Foto: Gerliézer Paulo)
indonesia
A Guarda Civil Metropolitana apresentou nesta sexta-feira (4) o material apreendido na campanha feita pela instituição contra o cerol. Durante 46 dias, a instituição encontrou linhas com cacos de vidro, chilenas e uma novidade oriunda da Indonésia.

O porta voz da Guarda Civil Metropolitana, Valdson Batista, relata com detalhes o que foi apreendido na operação.

Valdson revela ainda que, neste ano, a GCM mudou o foco de atuação.

Uma novidade encontrada pelos guardas civis foi a linha da Indonésia. O porta-voz revela que ela é ainda mais perigosa que a chilena.

O ex-titular da Delegacia do Consumidor, Eduardo Prado, que agora é vereador, salienta que a comercialização deste tipo de linha é crime.

As campanhas contra o cerol começaram em 2010, quando foram registrados 47 vítimas, sendo quatro fatais. Há dois anos, Goiânia não tem nenhuma morte provocada por linhas de pipa.

Do repórter Gerliézer Paulo

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757