Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: TJ-GO/Divulgação
pjd
O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) começa a implantar o processo judicial digital, o PJD, em 36 comarcas do interior.

Segundo o juiz auxiliar da presidência do TJ-GO, Ronnie Paes Sandre, além de o judiciário ganhar com a modernidade, os processos serão tratados com maior rapidez.

De acordo com o jurista, a partir da digitalização, aumenta a dificuldade de fraudes nos processos.

Os recursos para a implantação do sistema são provenientes do próprio Poder Judiciário. A exemplo do que já ocorre em Goiânia, o PJD será implantados apenas nas varas cíveis, ambientais, familiar e fazendas públicas.

As primeiras comarcas a implantarem o PJD são: Anicuns, Valparaíso de Goiás, Formosa, Rio Verde, Senador Canedo, Águas Lindas de Goiás, Luziânia, Novo Gama, Catalão, Jataí, Trindade, Caldas Novas, Itumbiara, Anápolis, Uruaçu, Planaltina, Aparecida de Goiânia, Niquelândia, Orizona, Cocalzinho de Goiás, Buriti Alegre, Carmo do Rio Verde, Israelândia, Montes Claros de Goiás, Leopoldo de Bulhões, Nova Crixás, Petrolina de Goiás, São Miguel do Araguaia, Goiandira, Cachoeira Alta, Joviânia, Minaçu, Abadiânia, Crixás, Cidade de Goiás e Goianésia. As cidades das próximas etapas ainda não foram definidas.

Com informações do repórter Jerônimo Junio

 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757