Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Reprodução/Whatsapp
complexo
Um grupo de detentos da carceragem da Delegacia de Capturas iniciou uma rebelião no início da noite deste domingo (28), no Complexo das Especializadas localizado no Setor Cidade Jardim, região sudoeste de Goiânia. Segundo a Polícia Civil, ao todo 77 presos estavam recolhidos na unidade, sendo que 57 pertencem às comarcas de Pirenópolis, Bonfinópolis, Leopoldo de Bulhões.

Diversas viaturas e policiais fizeram um cerco ao local. Do lado de fora era possível ver as chamas e a fumaça que saíam do pátio. Em nota, a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), por meio da Polícia Civil (PC), informou que os detentos atearam fogo em colchões e roupas. Os presos chegaram a fazer um buraco em um dos muros e que daria acesso à rua.

Ainda segundo a nota, agentes de plantão acionaram a Polícia Militar e também o Grupo Tático (GT-3), que contiveram os responsáveis pelo princípio de rebelião e colocaram fim ao movimento.

A SSPAP confirma também que os presos faziam reivindicações durante o ato. Não houve fuga de presos e ninguém ficou ferido. Entre 21h30 e 22h a situação foi totalmente controlada. 

Ainda segundo a Polícia Civil, os presos foram transferidos e estão recolhidos na Central de Triagem, que fica dentro do Complexo Prisional, em Aparecida de Goiânia. Além disso, a cela da Delegacia de Capturas passará por avaliação de um engenheiro civil para posterior reforma.

Imagens: Reprodução/Whatsapp

 

Sobre o princípio de rebelião ocorrido na noite desse domingo (28), no Complexo de Delegacias Especializadas, mais precisamente na carceragem da Delegacia de Capturas, a Polícia Civil esclarece: - Ao todo, 77 presos estavam recolhidos na unidade, sendo que 57 pertencem às comarcas de Pirenópolis, Bonfinópolis, Leopoldo de Bulhões (alguns já em situação de cumprimento de pena); - Os detentos tentaram fuga e foram contidos pela equipe da Polícia Civil que faz o monitoramento da unidade, com apoio dos Batalhões de Rotam e Choque da Polícia Militar e Grupo Tático 3 da Polícia Civil; - Irritados com a frustação da fuga, os detentos colocaram fogo em colchões, causando danos à estrutura da carceragem; - Nenhum detento conseguiu fugir e não houve feridos durante a contenção da confusão no local; - Os presos foram transferidos e estão recolhidos na Central de Triagem, que fica dentro do Complexo Prisional, em Aparecida de Goiânia; - A cela da Delegacia de Capturas passará, imediatamente, por avaliação de um engenheiro civil para posterior reforma.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757