Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Mantovani Fernandes
marconielitonmicrofone
Um mês depois de ser citado em delações de ex-executivos da empreiteira Odebrecht, o governador Marconi Perillo (PSDB) falou nesta terça-feira (16) sobre o caso.

Em delação premiada, os ex-executivos da construtora disseram que Perillo teria recebido R$ 8 milhões em caixa dois para as eleições de 2010 e 2014 ao governo do Estado de Goiás. O governador negou qualquer recurso irregular durante as campanhas.

O tucano afirmou ainda que os delatores estão tentando mostrar serviço para evitarem que sejam presos.

Segundo Perillo, caso houvesse algum acordo com a empreiteira, o governo estadual teria realizado as contrapartidas que são citadas pelos delatores.

O governador goiano diz também que setores da Justiça e da imprensa tentam nivelar a classe política por baixo.

Por fim, Marconi diz que aceita fazer uma acareação com os delatores no Superior Tribunal de Justiça.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757