Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

José Bulhões (à esquerda) e Cleiton Souza (à direita). Foto: Divulgação/ PM
taradostransito
A Polícia Militar do Estado de Goiás (PM-GO) prendeu em flagrante neste sábado (06), José Rodrigo Bulhões, de 19 anos, por ato obsceno e posse de drogas para consumo.

Segundo a PM, o crime aconteceu em uma região próxima à um condomínio fechado no Jardim Goiás, em Goiânia. Bulhões foi detido dentro de um carro no momento em que mostrava o órgão genital para uma mulher de 23 anos.

Dentro do veículo foram encontradas porções de maconha e ecstasy. De acordo com a vítima – cuja identidade foi preservada – este não foi o primeiro assédio praticado pelo homem. José Bulhões foi encaminhado para a Central de Flagrantes.

Na tarde da última sexta-feira (05), um motociclista também foi preso por assediar uma mulher enquanto estava parado no semáforo da Avenida T-63 com 85, no Setor Bueno.

Em um vídeo feito pela vítima, é possível ver que Cleiton Souza da Silva está sobre a moto que conduzia, ao lado do carro da vítima, com o próprio órgão genital para o lado de fora da calça.

Quando percebeu que estava sendo filmado, o homem tenta esconder a logo da empresa em que trabalha, dá meia volta e foge pela Avenida T-63, sentido região do Setor Parque Anhanguera. A mulher informou à polícia que pensou que seria assaltada, quando percebeu o ato.

Após ter acesso às imagens, a PM identificou a empresa na qual o suspeito trabalha e foi até o estabelecimento comercial, onde o homem foi abordado e detido. A mulher, que não quis se identificar, registrou denúncia na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam).

Segundo a PM, a prática de obscenidade em lugar público, ou aberto ou exposto ao público, como mostrar os órgãos genitais, pode acarretar em pena de três meses a um ano de prisão, ou multa.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757