Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Rayane Araújo (Foto: Reprodução/ Internet)
rayane
O estudante Daniel Ermes Pinto, de 19 anos, ex-namorado da universitária Rayane Araújo da Silva, de 25 anos, está sendo apontado pela Polícia Civil como principal suspeito no homicídio da jovem, morta a tiros em uma borracharia de Anápolis na quinta-feira (06)

Daniel Ermes foi preso na sexta-feira (07). Segundo a Polícia Civil,o casal tinha um relacionamento conturbado e Rayane Araújo teria sido assassinada porque o ex-namorado não aceitava o fim do relação, que durou cerca de 1 ano e 6 meses.

De acordo com a investigação, a jovem parou em uma borracharia para arrumar o pneu da moto em que estava, quando dois homens em um carro pararam no local. Um deles desceu e atirou seis vezes contra a vítima, voltou ao veículo e fugiu.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Vander Coelho, os tiros foram disparados por Daniel, que alegou que o comparsa não sabia do crime. O estudante não tinha passagens na polícia e foi preso depois que se apresentou espontaneamente na delegacia, na tarde de sexta-feira.

De acordo com Vander Coelho, Daniel deve responder por homicídio triplamente qualificado, por motivo fútil, impossibilidade de defesa da vítima e feminicídio. Somadas, as penas podem variar de 12 a 30 anos de prisão. O rapaz segue detido no presídio de Anápolis.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757