Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Reprodução/ Internet
prfgo
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou nesta quarta-feira (05) que um homem de 24 anos foi preso por tráfico de drogas e falsidade ideológica no final da tarde desta terça-feira (04), em Uruaçu, na BR-153, Km 194. A prisão ocorreu após a abordagem de um ônibus em que o acusado era passageiro.

Durante fiscalização de rotina no veículo que seguia para Tucuruí, no Pará, os agentes suspeitaram do nervosismo do acusado, que se mostrou incomodado ao responder as perguntas. Em seguida, ele mentiu para os policiais afirmando que só levava uma bagagem de mão, que continha algumas peças de roupa. No entanto, os policiais desmentiram o argumento ao verificar que o homem - cuja identidade não foi divulgada - possuia passagens criminais anteriores.

Ao revistarem a mala do suspeito, os policiais encontraram um forno elétrico dentro de uma caixa de papelão mas, de início, nada além disso. Entretanto, como o passageiro havia mentido sobre a bagagem, precisou acompanhar os agentes para fora do veículo e prestar esclarecimentos.

Dada as circunstâncias e nada encontrado, o homem retornou ao veículo e o ônibus foi liberado para seguir viagem. Entretanto, alguns minutos depois, enquanto os agentes comentavam entre si da estranheza do caso, foi informado por outro policial rodoviário que o mesmo homem havia sido abordado no dia anterior, enquanto trafegava como passageiro de um veículo, entretanto, na ocasião, ele teria mostrado documento com dados diferente e se apresentou por outro nome.

A partir disso, os agentes partiram em direção ao ônibus novamente. Depois de um acompanhamento tático de cerca de 40 Km, o veículo foi alcançado e o homem preso por falsidade ideológica. Após o acontecido, foi feita uma segunda revista na bagagem do suspeito e, dessa vez, foram encontrados dois quilos de crack, distribuídos em dois tabletes da droga, que estavam escondidos dentro do forno elétrico que o acusado levava em sua mala.

Ele confessou que havia pego a droga de outro homem, na rodoviária de Goiânia e pago R$ 12.000,00 por cada tablete. Segundo o suspeito, a substância seria comercializada em Alvorada, no Tocantins.O homem foi preso por falsidade ideológica e tráfico de drogas e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil local.

Com informações da PRF

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757