Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: PRF/Divulgação
cigarrosprf
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na manhã desta segunda-feira (3), na BR-364, perímetro urbano de Jataí, sudoeste goiano, uma carreta carregada com 35 mil pacotes de cigarros do Paraguai. Segundo a polícia, a carga de 350 mil carteiras é avaliada em, aproximadamente, R$ 1,75 milhão.

A abordagem ao veículo foi realizada em fiscalização de rotina. Após ordem de parada, o motorista encostou a carreta, desceu e fugiu para um matagal, mas foi alcançado e preso pela polícia.

O homem, de 39 anos, é natural do Mato Grosso do Sul e reincidente no contrabando de cigarros. Ele informou à polícia que recebeu a carga em um posto de combustíveis, localizado em Dourados-MT, e a entrega seria feita em Rio Verde-GO, também em um posto de gasolina.

De acordo com o Inspetor da PRF, Newton Morais, o condutor recebeu R$ 13 mil pelo transporte da carga, e já teria gasto cerca de R$ 300. O restante do dinheiro foi encontrado nos bolsos das vestimentas do motorista.

Ele foi conduzido para a Polícia Federal de Jataí e responderá pelo crime de contrabando de mercadoria proibida no país, previsto no art. 334 do Código Penal, cuja pena varia de 2 a 5 anos de reclusão.

De acordo com a PRF, trata-se de um crime grave pois, além do não pagamento dos tributos, o cigarro produzido no Paraguai não passa por fiscalização sanitária e é potencialmente causador de doenças graves, ainda mais danosas que o cigarro de procedência nacional. O nome do motorista não é divulgado pela polícia.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757