Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

O Ministério Público Federal (MPF) ofereceu nesta quinta-feira (30) denúncia de suposto envolvimento do governador Marconi Perillo (PSDB) em esquema do qual teria se beneficiado com recursos da Delta Construções. A acusação, assinada pelo vice-procurador-geral da República, José Bonifácio Borges de Andrada, indica crimes de corrupção passiva e contra a administração pública.

A denúncia é baseada nos autos da Operação Monte Carlo, deflagrada pelo MPF em fevereiro de 2012 com objetivo de desarticular supostos esquemas de jogos de azar comandados pelo bicheiro Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira.

Ainda de acordo com a denúncia, o governador teria recebido valores da construtora Delta em troca da ampliação de contratos da empresa com o governo estadual entre os anos de 2011 e 2012.

Em nota enviada à reportagem da 730, a assessoria de comunicação do governador diz que não há fundamentos para a abertura de ação penal contra Perillo, e que ela será arquivada antes mesmo da instauração do processo legal. A nota afirma ainda que as supostas vantagens ao tucano levantadas pela denúncia não foram comprovadas.

Confira a seguir a nota na íntegra:

“Sobre os fatos em questão, a defesa do governador Marconi Perillo vem observar que:

1 – Não há qualquer fundamento para a abertura de uma ação penal, com a plena convicção de que ela será arquivada antes da instauração do processo legal;

2 – O andamento das apurações demonstrou que os fatos em questão, bem como os demais a ela relacionados, não foram comprovados, e não houve qualquer benefício ou vantagem a pessoas ou empresas;

3 – As vantagens citadas na Denúncia sequer en passant foram comprovadas, circunstância que mantém a confiança da defesa e do governador Marconi Perillo no Poder Judiciário;

4 – Ressalta que essa investigação se dava sobre quatro fatos e os três primeiros fatos, à época denunciados como os mais graves, foram objeto de pedido de arquivamento.

5 – Quanto à questão restante, há completa tranquilidade quanto ao seu enfrentamento e também seu arquivamento.”

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757