Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail


Carlos Carmesindo foi apresentado nesta terça na Deic (Foto: Jerônimo Junio/Portal 730)
morteuberdr
A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Investigação Criminal (Deic), apresentou na manhã desta terça-feira (28) Carlos Carmesindo dos Santos. Ele é suspeito de ter assassinado, com a ajuda de um menor, o motorista do aplicativo Uber, Antônio Paulo Oliveira da Silva. O crime aconteceu no dia 8 de março, após a vítima ter sido abordada na Praça Universitária, região leste de Goiânia.

De acordo com adjunta da Deic, Mayana Rezende, tudo começou quando o motorista foi abordado na praça pelos dois suspeitos enquanto contava o dinheiro das viagens. Em seguida, a vítima teve as mãos amarradas e foi levada para o Aruanã Park, onde foi morto com diversos golpes de faca. O suspeito disse à polícia que matou o motorista porque este teria reagido ao sequestro.

Carlos Carmesindo foi preso no município de Senador Canedo, na região metropolitana, por um policial que estava de folga. De acordo com o Major Wanderlan Rodrigues, o suspeito é bastante conhecido no município.

Em depoimento à polícia, o suspeito confessou que teria matado outra pessoa no ano de 2013. A informação foi confirmada pelo delegado Matheus Mendonça, do Grupo de Investigação de Homicídios de Senador Canedo.

Com informações do repórter Jerônimo Junio

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757