Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Jorciley Alves de Oliveira (Foto: Jerônimo Junio/Portal 730)
jorciley
O Grupo Antirroubo a Banco (GAB) da Delegacia Estadual de Investigação Criminal (Deic) apresentou nesta segunda-feira (27) o resultado da 5ª fase da Operação Metrópolis, que apura crimes de explosões de caixas eletrônicos na região metropolitana de Goiânia.

Nesta fase, foi preso Jorciley Alves de Oliveira, de 25 anos. Ele estava foragido desde novembro de 2016 e é suspeito de participar da explosão a terminais de autoatendimento em agências situadas nas Avenidas Pio XII, Rio Verde e T-2.

Segundo o delegado chefe do GAB, Alex Vasconcelos, em 14 meses de investigações, distribuídas em cinco etapas, 17 pessoas foram identificadas e presas na operação. Outros cinco suspeitos foram presos em troca de tiros com a polícia.

“O GAB conseguiu vincular a participação de todos eles em ataques a agências em Goiânia e Aparecida.  Durante a Operação Metrópolis, em torno de 12 agências foram atacadas por estes presos”, afirma o delegado.

Jorciley possui diversas passagens pela polícia, como tráfico de drogas, roubo, furto, receptação, posse ilegal de arma de fogo, além de outros três mandados de prisão em aberto. 

Com informações do repórter Jerônimo Junio

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757