Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Dict/Divulgação
acidmadrugs
Após audiência de custódia realizada nesta quarta-feira (22) em Goiânia, o juiz responsável decretou a prisão preventiva de Lusinan da Silva Dias, autuado por homicídio no acidente de trânsito que matou Leonice Alves dos Santos, de 39 anos.

No acidente, que aconteceu na madrugada de sábado (18) para domingo (19), no Setor Buena Vista IV, região sudoeste da capital, dois motociclistas se aproximaram de Leonice oferecendo-lhe carona, parando na faixa da direita. A vítima então atravessou a via a pé e foi atingida por um veículo modelo GM Celta, conduzido por Lusinan.

A vítima morreu ainda no local. Um casal que estava em uma das motos também foi atingido, mas foram socorridos e encaminhados para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol). Lusinan tentou fugir do local, mas foi abordado por policiais militares.

Lusinan foi submetido ao teste do bafômetro, que constatou ingestão de álcool. No sábado (18), antes do acidente, o motorista consumiu quatro latas de cerveja à tarde e cinco garrafas à noite. Para a Justiça, o crime foi cometido com dolo eventual, quando o condutor assume o risco de matar.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757