Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Rubens Salomão/Portal 730
giroflexrubens
A assessoria de comunicação da Polícia Civil (PC) confirmou na tarde desta segunda-feira (13) que o corpo encontrado no Mato Grosso do Sul não é da gestante que despareceu há 23 dias em Aparecida de Goiânia.

Segundo a PC, familiares da diarista Silvânia Maurício Araújo, de 31 anos, grávida de oito meses, realizaram o procedimento de reconhecimento da vítima, que deu negativo. Além disso, os laudos cadavéricos constataram que a mulher não estava gestante e o DNA era incompatível.

A polícia afirma que oito pessoas já foram ouvidas sobre o desparecimento de Silvânia, mas ainda não há pistas que levam à diarista, que não foi mais vista desde a noite do dia 18 de fevereiro. A casa da diarista fica no Setor Jardim Dom Bosco 2, e a família dela é do Tocantins. 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757