Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Jerônimo Junio / Portal 730
ricardo balestreri jeronimo
O novo secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária de Goiás, Ricardo Balestreri, foi apresentado pelo governador Marconi Perillo durante entrevista coletiva no final da manhã desta sexta-feira (24).

Em seu primeiro discurso, Balestreri defendeu antigas teses, da época em que era secretário nacional de Segurança Pública. Uma delas é de que o Estado deve ser muito duro com criminosos perigosos, que comandam células criminosas, e que invista na recuperação daqueles que cometeram pequenos delitos.

Para o secretário, os principais problemas da Segurança Pública em Goiás são os homicídios e os furtos e roubos. Mas ao mesmo tempo é preciso investir na capacitação dos agentes de segurança. Ele defende que estes homens e mulheres são líderes dentro da sociedade.

Ricardo Balestreri apontou qual deve ser o caminho para resolveu os problemas da segurança Pública no país e em Goiás. "Segurança Pública é um tema complexo, que não pode ser administrado na base das emoções, na base do empirismo. É preciso que a gente seja muito prático, muito pé no chão, mas é preciso que a gente nutra conhecimento internacional na área de segurança", opina.

O secretário aponta que é preciso investir nos homens e mulheres que operam na segurança pública, assim como tornar a polícia mais próxima do cidadão. Ele também defende parceria com as guardas municipais.

O especialista entende que a administração da segurança pública precisa ser mais humana, porém não fraca. O pulso firme deve funcionar, especialmente dentro dos presídios.

Por fim, Balestreri cita que a sociedade precisa falar sobre direitos humanos, porém, o tema também deve abranger aqueles que operam na área da segurança pública.

Veja o vídeo completo da entrevista coletiva:

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757