Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Polícia Civil / Divulgação
personal caldas
A Polícia Civil prendeu dois homens suspeitos de abusarem sexualmente de uma menina de 11 anos, em Caldas Novas. Um é padrasto da garoto e o outro é personal trainer na cidade. O primeiro foi detido em Nova Crixás, para onde tinha ido com o intuito de matar a mãe da criança.

O caso foi descoberto, quando o pai da menina, que mora em Nova Crixás, viu mensagens do padrasto pedindo fotos da garota nua. Ele comunicou a polícia.

De acordo com a Polícia Civil, os estupros por parte do padrasto aconteciam há dois anos. O personal trainer, que é amigo do homem, descobriu o caso e passou a chantageá-lo para que não denunciasse o crime. A partir daí, os dois homens passaram a abusar da menor.

A menina era obrigada a assistir filmes pornográficos e a manter relações sexuais com a dupla.

Para a Polícia Civil, a mãe da menina não sabia dos estupros. Ela se separou do homem quando tomou conhecimento do caso.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757