Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: PM/Divulgação
fechagoias
A  Operação Fecha Goiás, deflagrada pela Polícia Militar, chega em Luziânia nesta sexta-feira (10). Um dos principais objetivos é intensificar o combate à criminalidade por meio de bloqueios montados em pontos estratégicos e abordagens a veículos e pessoas em atitude suspeita. O foco é combater os crimes contra a vida, ao patrimônio e o tráfico de drogas.

Todas as forças especiais da Polícia Militar participam da operação, como o Grupo de Radiopatrulha Aérea (Graer), Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), Batalhão de Polícia Militar de Choque (BPM Choque), Batalhão de Polícia Militar Rodoviária (BPMRv), Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMAmb) e Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope).

Em entrevista coletiva à imprensa goiana e do Distrito Federal, o comandante-geral da corporação, coronel Divino Alves, ao lado do prefeito Cristovão Tormin, ressaltou o caráter preventivo e ostensivo da operação. "Estamos trabalhando para preservar vidas, combater o tráfico de drogas e crimes contra o patrimônio", explicou. 

Diversos bloqueios foram montados por toda cidade para realização de abordagens a veículos e pessoas em atitude suspeita. Todas as forças especiais da PM participam do trabalho.  A coletiva de imprensa foi realizada nas futuras instalações da base da Rotam, no Jardim Ingá, que atenderá Luziânia e região.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757