Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Michel e Larissa foram presos em Goianira e Brazabrantes, respectivamente (Foto: PM/Divulgação)
joalheriajussaraf
Duas pessoas foram presas e um adolescente foi morto após uma troca de tiros com a polícia na manhã deste domingo (5), no interior do estado. De acordo com a Polícia Militar (PM), o trio é suspeito de cometer um assalto a uma joalheria no município de Jussara na manhã de sábado (4).

A PM afirma que chegou aos suspeitos depois de analisar imagens de câmeras de segurança da joalheria. Os três chegavam ao estabelecimento se passando por clientes, analisavam os produtos da loja e depois anunciavam o crime. O proprietário, que solicitou abertura do boletim de ocorrência, calcula que o prejuízo chegue a R$ 100 mil.

Na manhã deste domingo (5), agentes do Grupo de Radiopatrulha Aérea da PM (Graer) efetuaram a prisão de Michel Santana, de 27 anos, em uma residência em Goianira, região metropolitana. Com ele foram apreendidos um revólver calibre 38, um carro e diversas joias e relógios que teriam sido roubados na ação de sábado (4).

Após a prisão, o suspeito indicou a casa do outro indivíduo que aparece nas imagens de camiseta cinza. Ao ser abordado pelos policiais, o menor, que estava armado com uma espingarda calibre 12 atirou contra as equipes da PM, que revidaram e alvejaram o rapaz. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

A mulher que aparece nas imagens participando do assalto, identificada como Larissa Soares dos Santos, de 20 anos, foi presa em seguida, na cidade de Brazabrantes. Todo material apreendido, armas, veículos e os presos estão sendo conduzidos à Central de Flagrantes em Goiânia onde serão apresentados ao Delegado de Plantão.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757