Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Arquivo/Agência Brasil
policiafederal
A Operação Veneno foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (3) com o objetivo de combater o contrabando e comércio ilegal de anabolizantes. De acordo com a Polícia Federal (PF), os produtos eram enviados pelos Correios e tinha procedência ignorada e sem registros junto à Vigilância Sanitária.

Ainda segundo a polícia, o grupo chegou a enviar correspondências disfarçadas com as substâncias armazenadas em frascos de óleo para Joinville-SC, Santa Maria, Erechim e São Leopoldo-RS, Santa Rita-PB, Belo Horizonte-MG, Parnaíba-PI, Porto Nacional-TO, Rio de Janeiro-RJ e São Paulo-SP.

Em Goiás, a PF cumpre 12 mandados de busca e apreensão e 13 de condução coercitiva, expedidos pela Justiça Federal de Aparecida de Goiânia, na região metropolitana. 70 policiais trabalham na operação.

Os suspeitos investigados devem responder pelos crimes de contrabando e de falsificação de produtos destinados a fins terapêuticos ou medicinais, com pena que varia de 10 a 15 anos de reclusão.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757