Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Alexandre Sousa é apresentado na Deam (Foto: Jerônimo Junio/Portal 730)
uberdeam
A Polícia Civil (PC), por meio da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), apresentou na manhã desta segunda-feira (30) o motorista do Uber Alexandre Rodrigues de Sousa, de 41 anos, suspeito de estuprar duas mulheres em Goiânia. Ele teria tentado cometer o crime contra uma terceira vítima, que teria conseguido fugir. A prisão ocorreu na tarde de domingo (29), no Setor Garavelo B.

De acordo com as investigações, todas as vítimas foram abordadas após shows noturnos em diferentes locais da capital, e as corridas ocorreram fora do aplicativo Uber, ou seja, o motorista negociava o transporte via grupo no aplicativo Whatsapp, sem utilizar o sistema da empresa.

A primeira vítima de Alexandre embarcou no carro dele após a gravação do Show da Virada, realizado na noite do dia 1º de novembro no estacionamento do Estádio Serra Dourada, no Jardim Goiás.

A segunda vítima foi abordada próximo à boate Villa Mix, no Setor Marista, no dia 19 de novembro. A terceira quase um mês depois, no dia 17 de dezembro, após show na boate Santa Fé, no mesmo setor, mas a mulher conseguiu fugir e teve apenas os pertences roubados.

Segundo a delegada titular da Deam, Ana Elisa Gomes, responsável pelo caso, Alexandre estava cadastrado como motorista parceiro da empresa há cerca de um ano. Ele foi reconhecido pelas três vítimas que registraram ocorrência na delegacia.

Confira a seguir a reportagem completa de Jerônimo Junio

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757