Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Vítima é genro de Deise Faria Ferreira Freitas, desaparecida desde julho de 2015 após ritual religioso (Foto: Reprodução/Internet)
deisefaria
*Com informações da repórter Giuliane Alves

Marco Aurélio Borges Sousa, de 28 anos, foi executado a tiros na noite da última quarta-feira (11), em Goiânia. A vítima é genro da auxiliar de enfermagem Deise Faria Ferreira Freitas, de 41 anos, mulher que desapareceu após um ritual do Santo Daime, ocorrido no dia 11 de julho de 2016.

O crime contra o genro da enfermeira desaparecida ocorreu no Anel Viário, próximo ao residencial Moinho dos Ventos. De acordo com o delegado Danilo Proto, da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), que acompanha o caso, Marco Aurélio foi atingido com cerca de sete tiros.

“Ele (Marco Aurélio) estava trafegando com sua motocicleta pela avenida e foi alvejado com sete disparos de arma de fogo. Um outro veículo emparelhou com ele e efetuou os disparos”, descreve o delegado.

A Polícia Civil (PC) investigação se a morte do rapaz tem relação com o desaparecimento da sogra Deise Faria, e se ele sabia das causas do sumiço da enfermeira. Ainda não há informações sobre os suspeitos do homicídio desta quarta (11), que fugiram do local.

A polícia ainda vai ouvir uma testemunha, que pediu para não ser identificada, e presenciou a execução do genro de Deise. Ela relata que se aproximou de Marco Aurélio pouco depois de ser alvejado e ainda com vida, ele disse conhecer os atiradores e que tinha informações sobre o desaparecimento da enfermeira. 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757