Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Nesta terça-feira (03), na BR 153, km 194, município de Uruaçu, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) abordou um homem, de 45 anos, que conduzia um Fiat Pálio, com uma Carteira Nacional de Habilitação falsificada.

Segundo com informações da PRF, após a solicitação do policial, o condutor prontamente apresentou seu documento que permite conduzir veículo automotor. Ao realizar a consulta no sistema, os policiais perceberam que o número daquele documento fazia parte de um lote de CNHs furtado do Detran do Pará.

Ao ser questionado pela polícia, o condutor confessou que pagou 3 mil reais pelo documento. Ele teria comprado a CNH, juntamente com várias outras pessoas, de um senhor conhecido por "Doidão", em Campinorte, no Norte do Estado. De acordo com a PRF, o condutor confessou também que não foi ao estado do Pará para tirar a habilitação, e que não fez nem prova escrita nem prova prática, que apenas entregou o dinheiro e os dados pessoais para "Doidão".

O caso foi encaminhado para a Polícia Federal (PF) de Goiânia e o condutor responderá pelo crime de Uso de Documento Falso, cuja pena varia de 1 a 5 anos.

A PRF destaca que esse foi o segundo de CNH falsa em uma semana. O primeiro foi o do jogador Héverton Durães, abordado em Anápolis, na quinta-feira (29).

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757