Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

infartoisNeste mês é celebrado o Setembro Vermelho, dedicado aos cuidados com o coração. Assim como os humanos, cães e gatos também estão propensos a terem problemas cardíacos. O avanço da idade e a propensão de algumas raças podem ser algumas das causas.

A médica veterinária, especialista em cardiologia veterinária, Priscilla Regina Nasciutti, concedeu entrevista exclusiva à Rádio 730 no quadro Mundo Pet desta sexta-feira (29), esclarece tudo sobre as doenças e frisa que os pets precisam passar por acompanhamento periódico para saber se a saúde cardíaca do bichinho está em dia.

"As doenças do coração podem ser congênitas, quando o animal nasce com algum defeito no coração, ou adquiridas. De todas, a adquirida, que é uma degeneração da válvula do coração, é a mais comum, em torno de mais de 90% dos casos, que faz com que haja um sopro, um refluxo, e faz com que o coração vá aumentando de tamanho. A princípio é uma doença assintomática, ou seja, só é possível saber se o animal for levado periodicamente ao veterinário", reforça.

Quer saber mais? Ouça a entrevista na íntegra

O quadro Mundo Pet vai ao ar toda sexta-feira no programa Cidadania em Destaque, a partir das 14h, na 730. A apresentação é de Cecília Barcelos.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757