Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Pacientes formam filas na Central de Regulação em Goiânia (Foto: Jerônimo Junio/Portal 730)
regulacao
A Prefeitura Municipal voltou a assumir a administração da Central de Regulação de Vagas de Goiânia. Durante 9 anos, o serviço era realizado por uma Organização Social (OS). Com a mudança, a Secretaria de Saúde da Capital (SMS) pretende acabar com a fila para a emissão do chamado “chequinho”, o vale-exame, além de disponibilizar ferramentas que permitam ao próprio paciente acompanhar o tempo de espera e sua posição na fila.

Ao contrário do que esperava a SMS, os primeiros dias à frente da central foram de tumulto e de longas filas. José Rodrigues de Oliveira, de 80 anos, bem que acordou cedo, mas não conseguiu marcar o exame dele, e afirma que vai ter que voltar.

De acordo com o também paciente, Nilton Marçal, o serviço, que já era burocrático, ficou ainda mais.

Os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), ainda reclamam da estrutura do prédio onde funciona a Central de Regulação da Prefeitura de Goiânia. Segundo a paciente Maria de Lourdes, o local não tem nem banheiro para os usuários.

A secretária municipal de Saúde de Goiânia, Fátima Mrué, afirma que em breve o problema será resolvido com a implantação de um novo sistema de atendimento.

Do repórter Jerônimo Junio

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757