Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

outubrorosaTodos os anos, milhares de mulheres no Brasil e no mundo morrem por conta do Câncer de Mama. E quando este índice corre o risco de aumentar por conta da falta de informação sobre a doença?

Pensando nisso, o Sesc Goiás preparou uma programação especial repleta de palestras para o Outubro Rosa. O objetivo da campanha é justamente a luta e prevenção contra a doença.

A enfermeira Caroline Menezes concedeu entrevista exclusiva no quadro Mulher em Destaque desta segunda-feira (25) sobre o assunto, e destacou as rodas de conversas que serão realizadas para trazer mais informação e conhecimento sobre o tema.

“Na semana que vem estaremos com a roda de conversa com o tema a história do Brasil e o Câncer de Mama. Juntamente teremos a exposição que foi cedida também pelo Ministério da Saúde. Dentro dessa história traremos informações muito poderosas para pode auxiliar na prevenção da doença que é tão séria no nosso país”, afirma.

As rodas de conversa e palestras são realizadas em parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG). Outra meta da ação é desfazer mitos e trazer à tona verdades sobre a doença.

“No dia 10 falaremos sobre o Câncer de Mama: mitos e verdades. Mesmo com tanta informação há tantos mitos, então estamos desmistificando o Câncer de Mama em parceria com a Liga da Mama em parceria com a UFG, com a doutora Jaqueline Amaral, especialista em psico-oncologia”, destaca.

Segundo relatório sobre as Estimativas de Incidência de Câncer no Brasil para 2016, publicado pelo Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), 1/3 dos casos de câncer podem ser evitados se identificados logo no início, porém 60% têm diagnósticos já em estado avançado. Quanto mais cedo o câncer de mama é descoberto, mais altas são as taxas de sucesso do tratamento.

De acordo com o INCA, a taxa de sobrevida após 5 anos é maior quando a doença é detectada em seus estágios iniciais, todavia 14 mil mulheres morreram por causa do câncer de mama em 2013, de acordo com o Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM).

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site do SESC, clicando aqui.

Ouça a entrevista na íntegra

 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757