Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Divulgação
divulgacaod
A Secretaria de Saúde (SMS) de Aparecida de Goiânia realiza desde o último sábado (12) a Campanha Estadual de Vacinação Antirrábica para cães e gatos.

Neste sábado (19), é a vez dos bairros Vila Delfiori, Vila Romana e Jardim Cascata, nas praças e escolas municipais da região.

Em entrevista exclusiva no quadro Mundo Pet desta sexta-feira (18), no programa Cidadania em Destaque, a médica veterinária da Secretaria Municipal de Saúde de Aparecida de Goiânia, Natany Alves Guilarduti, explica que só no município são 133 postos de vacinação, e que no primeiro sábado, já foram imunizados cerca de 600 animais, e que a meta é chegar a 70 mil até o dia 23 de agosto.

Ouça a entrevista na íntegra

“Estes 70 mil são as populações canina e felina estimadas dentro de Aparecida de Goiânia. O Ministério da Saúde preconiza que seja imunizada pelo menos 80% dessa população. 70 mil seria 100%. Essa meta é um pouco complicada de ser batida, mas no ano passado conseguimos vacinar 86%”, afirma.

A vacina precisa ser aplicada anualmente, em cães e gatos. Segundo Guilarduti, há mais cachorros que felinos sendo levados pelos donos para a imunização. Ela explica qual a contraindicação para a vacina.

“A única contraindicação da vacina é que o animal não pode ser menor de três meses. Ele pode estar gestante, amamentando, não tem problema. A gente só pede ao dono que, no caso de animal gestante, que ele não sofra nenhum tipo de estresse”, esclarece.

A raiva não tem cura e pode ser transmitida para seres humanos por meio de mordida, arranhão (no caso dos gatos) e de lambedura, pelas mucosas.

Em casos mais graves, pode levar à morte. Caso o dono não consiga levar o pet nos próximos sábados até o dia D, 23 de setembro, pode procurar pelas doses no Centro de Controle de Zoonoses de Aparecida de Goiânia, que fica na Rua Renó, s/n, no setor Pontal Sul, e o telefone é 3545-5921.

Em caso de ataque animal, a SMS recomenda lavar o ferimento imediatamente com água e sabão e procurar com urgência a unidade de saúde mais próxima para receber o tratamento adequado.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757