Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

meioambientecidadaniaA Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (Senar Goiás) lançaram, em junho deste ano, o Programa Proteção de Nascentes – Etapa Bacia Hidrográfica do Rio Meia Ponte. A ação foi tema do quadro 'Meio Ambiente', exibido nesta terça-feira (25), durante o programa Cidadania em Destaque.

A proposta objetiva proteger as principais nascentes que abastecem a Bacia Hidrográfica do Rio Meia Ponte, além de conscientizar produtores rurais. 

Segundo a gerente de formação profissional do Senar Goiás, Samantha Andrade, a inciativa surgiu depois que a Faeg e o Senar vislumbraram a importância do produtor enquanto parceiro na recuperação das nascentes. “O programa ‘Proteção de Nascentes’ existe há cerca de dois anos. Por muito tempo responsabilizamos o produtor rural pelos impactos negativos causados no meio ambiente. É preciso também dar condições, treinamento, e educação, para que o produtor consiga enxergar os benefícios de ser um aliado do meio ambiente”, analisa.

O delegado titular da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), Luziano Carvalho, afirma que o engajamento dos produtores rurais é fundamental para a conservação da natureza. “A função da Polícia Civil é repressiva. Desde 1999, temos recuperado cerca de 200 nascentes, tanto do ribeirão João Leite quanto do rio Meia Ponte. Agora, sem a participação do produtor essa recuperação é impossível. Em 1999 nós iniciamos o programa de recuperação das nascentes e hoje nós temos em torno de 5 mil nascentes estabilizadas no estado”, calcula.

Ouça a entrevista completa:

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757