Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Adriana da Silva (Foto: Reprodução/ Internet)
raivahumana
Os médicos do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC), no Recife, confirmaram, na segunda-feira (03), que a morte da proprietária de um pet shop, Adriana Vicente da Silva, de 36 anos, foi causada por raiva humana. A paciente estava internada desde o último dia 18 e morreu na quinta-feira, 29. Os exames foram realizados pelo Instituto Pasteur, de São Paulo.

No dia 26 de abril, Adriana foi atacada por um gato e ficou ferida na mama. Ela não chegou a procurar uma unidade de saúde prontamente. No dia 18 de junho, a empresária foi internada no Hospital Agamenon Magalhães, no Recife. Com a suspeita de raiva humana, Adriana foi transferida para o HUOC. O estado não registrava casos de raiva humana desde 1998

 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757