Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: ACCG/Divulgação
accghaj
O presidente do Instituto de Assistência à Saúde Social dos Servidores Municipais (IMAS) encaminhou ao Centro de Apoio Operacional da Saúde do Ministério Público de Goiás (MP-GO), pedido de providências para que seja garantido o atendimento a pacientes credenciados ao instituto, após ser descredenciado pela Associação de Combate ao Câncer em Goiás (ACCG), entidade que administra o Hospital Araújo Jorge (HAJ).

O tesoureiro da ACCG, Márcio Roberto Barbosa da Silva, explica o motivo do descredenciamento do IMAS.

Segundo o tesoureiro, apesar do descredenciamento, o HAJ manteve o atendimento a pacientes que já realizavam algum tipo de tratamento na unidade.

Márcio Roberto Barbosa da Silva destaca se há a possibilidade de um novo credenciamento do IMAS junto à ACCG.

A reportagem da 730 tentou contato com o IMAS para falar a respeito deste assunto, mas até esta publicação, as nossas ligações não foram atendidas.  

Com informações do repórter Jerônimo Junio

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757