Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Reprodução/ Internet
sanguebolsa
A Secretaria da Saúde de Goiás (SES-GO) convoca representantes de órgãos públicos e a sociedade civil organizada para serem multiplicadores da cultura de doação de sangue. O próximo mês é conhecido pela Campanha Junho Vermelho, para chamar a atenção da população para a importância da doação de sangue. Como parte da ação, o Hemocentro de Goiás realizará uma série de atividades, entre as quais a instalação da unidade móvel em diversos pontos da Região Metropolitana de Goiânia. A campanha é organizada pelo movimento “Eu dou sangue pelo Brasil”. A ação acontece simultaneamente em todo o País com o objetivo de ampliar os estoques de sangue no período que antecede as férias de julho e, ao mesmo tempo, de incentivar a população a tornar a doação de sangue uma prática rotineira. O diretor administrativo do Hemocentro de Goiás, Arione de Paula, informa que em junho as doações feitas à unidade sofrem uma queda de 30%, o que é grave.

O reduzido estoque de sangue no Hemocentro de Goiás, entretanto, é verificado ao longo de todo o ano. Arione de Paula destaca que o Hemocentro é dotado de estrutura para armazenar até 1.800 bolsas de sangue. Na maioria das vezes, contudo, a unidade tem em seu estoque cerca de 200 bolsas de sangue, o equivalente a pouco mais de 10% de sua capacidade. O diretor administrativo acrescenta que o Hemocentro de Goiás pode receber até 250 doadores por dia, mas normalmente somente cerca de 100 pessoas dirigem-se à unidade dispostas à doação.

“Quando uma pessoa precisa passar por uma transfusão, só o sangue é capaz de salvar sua vida”, assinala Arione de Paula. Ele destaca que uma bolsa de 400 mililitros (ml) de sangue salva até quatro vidas. A doação não oferece riscos ao doador, tendo em vista que o sangue se recompõe em 48 horas. “O sangue é único, é ímpar. Não se compra em farmácia nem é obtido com engenharia genética. Só o conseguimos por meio da solidariedade humana”.

Da Assessoria de Comunicação

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757