Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Arquivo/Agência Brasil
tuberculose
A diretoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) desenvolveu nesta quinta-feira (23) ações educativas em alusão ao Dia Nacional de Combate à Tuberculose, celebrado nesta sexta (24).

Causada pela bactériaMycobacterium tuberculosis, conhecida como bacilo de Koch, a Tuberculose é uma doença infecciosa e altamente contagiosa. A ação de hoje (23) tem como objetivo alertar a população sobre a importância de um diagnóstico precoce da enfermidade.

Em 2016, a SMS notificou 233 casos novos de tuberculoseem pessoas que residem em Goiânia, nove casos a menos em relação a 2015. Entretanto, o índice de abandono do tratamento contra a doença, aumentou, o que corresponde a 13,6%, ou seja, 31 casos.

Ouça a reportagem completa de Jerônimo Junio

Alguns pacientes não exibem nenhum indício de que têm tuberculose,. Já outros apresentam sintomas aparentemente simples que são ignorados durante alguns anos (ou meses). Contudo, na maioria dos infectados com a doença, os sinais e sintomas mais frequentemente descritos são:

- tosse seca contínua no início, depois com presença de secreção por mais de quatro semanas, transformando-se, na maioria das vezes, em uma tosse com pus ou sangue

- cansaço excessivo

- febre baixa geralmente à tarde

- sudorese noturna

- falta de apetite

- palidez

- emagrecimento acentuado

- rouquidão

- fraqueza

- prostração.

Os casos graves de tuberculose apresentam:

dificuldade na respiração

eliminação de grande quantidade de sangue

colapso do pulmão

acumulo de pus na pleura (membrana que reveste o pulmão) - se houver comprometimento dessa membrana, pode ocorrer dor torácica.

Confira a reportagem completa de Jerônimo Junio

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757