Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Carolina Moura (Foto: Johann Germano/Portal 730)
carolinamouraa
Já imaginou como seriam professores, cantores, advogados, radialistas, repórteres e outros profissionais que possuem a voz como principal ferramenta de trabalho, afônicos? É o que pode acontecer com quem não procura ter o devido cuidado com ela, que pode revelar muito da personalidade humana.

E é exatamente com estes cuidados que é possível manter a saúde vocal, prevenindo alterações e doenças. De acordo com a especialista em comunicação e fonoaudióloga Carolina Moura, períodos como pós-carnaval servem como exemplo de quando encontrar muita gente rouca ou sem voz por aí.

Ouça a entrevista completa no Cidadania em Destaque: 

“Em carnaval todo mundo ri. É sinônimo de uma coisa engraçada, a farra foi boa, é o que as pessoas costumam falar. O problema é quando essa rouquidão se estende e chega a 15 dias. Aí sim, é preciso procurar um fonoaudiólogo e um otorrinolaringologista para avaliar essa prega vocal”, recomenda.

As pregas vocais localizam-se na laringe e são as responsáveis pela emissão de sons nos seres humanos e em algumas espécies de animais, como o cachorro. Por causa da pressão do ar vinda dos pulmões, elas vibram. A vibração é o que gera a produção de sons, que são modificados de acordo com a articulação da boca e sofrem ampliação graças à caixa de ressonância, formada por laringe, boca, faringe e nariz.

Carolina Moura afirma que, para evitar um longo período sem voz, são necessários cuidados como o repouso vocal, mesmo que para isso, em eventos como um show de música ou jogo de futebol, você precise economizar nos gritos.

“A pessoa quando vai para uma festa ou para um show e no outro dia está rouca, precisa fazer um repouso vocal. É um músculo. Assim como o maratonista, após uma prova, precisa de descanso, a musculatura que produz a voz também precisa de um repouso”, reitera.

A especialista explica que é comum observar em professores a existência de nódulos vocais. Segundo ela, o problema não costuma ser grave, e pode ser resolvido com massagem. “É um calo. Da mesma forma que em um calo, é preciso tratar o nódulo com massagem. Mas como massagear uma prega vocal? Nós fazemos exercícios vocais para dissolver os nódulos, edemas, melhorando o funcionamento da musculatura para a pessoa utilizar a voz com o máximo de eficiência e o mínimo de esforço”, ressalta.

Veja alguns cuidados que podem ser tomados para a boa manutenção dos sons vocais:

- Evite gritar, pois o atrito entre as pregas pode desencadear lesões;

- Não fume ou beba; substâncias encontradas no álcool e cigarro estão relacionadas com o câncer de laringe;

- Hidrate as pregas vocais com água em temperatura ambiente;

- Caso seja um profissional que trabalha com a voz, evite leite e derivados, pois esses produtos aumentam a produção de muco no trato vocal;

- Quando estiver gripado ou em crise alérgica, evite conversar em excesso;

- Realize exercícios de aquecimento vocal quando for fazer uso da voz;

- Se ficar rouco por mais de 15 dias, procure um fonoaudiólogo.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757