Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Arquivo/EBC
utiebc
Hospitais particulares Estado de Goiás registraram diversas queixas de familiares que foram surpreendidos com o chamado Golpe da UTI. O crime ocorre quando a quadrilha liga para algum parente da vítima, se identifica como funcionário do hospital, informa que o paciente precisa de algum medicamento, ou até mesmo, realizar exames. Então, pede que seja depositado um determinado valor em uma conta bancária para custear as despesas. 

Segundo o presidente da Associação dos Hospitais Privados de Alta Complexidade do Estado de Goiás (Ahpaceg) , Haikal Helou são registrados cerca de seis casos por semana. Algumas pessoas já caíram no golpe, e chegaram a depositar de R$ 3 mil a R$ 10 mil na conta indicada pelos estelionatários.

Confira na reportagem de Juliana Gomes 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757