Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Internet / Reprodução
vacina h1n1 b
* Com informações da repórter Juliana Gomes

O ministério da saúde realizou mudanças no calendário de vacinação em todo País. Em Goiânia, todas as vacinas já estão disponíveis em todos os postos de vacinação da rede pública.  

O calendário prevê alteração na faixa etária das pessoas que devem receber as vacinas.   A vacinação contra Hepatite A e meningite agora é destinada a crianças de até 4 anos de idade.  A Tríplice viral, que protege contra sarampo, caxumba e rubéola a vacinação abrange pessoas com idade entre 12 e 29 anos. Outra mudança foi em relação ao  DTPA, que protege contra difteria, tétano e coqueluche. Agora, a vacina é destinada a mulheres a partir da vigésima semana de gestação e, as mulheres que não tomaram a vacina durante a gravidez, podem procurar as unidades de saúde para receberem a dose desde que estejam dentro do período de 6 a 8 semanas após o parto.

Além dessas alterações, uma em especial, a vacinação contra o HPV que foi estendida a adolescentes do sexo masculino. O superintendente de vigilância em saúde, Robson Azevedo explica a modificação. “A grande novidade deste calendário é a inclusão dos meninos na vacinação do HPV na idade de 12 a 13 anos. Normalmente é o homem que passa para a mulher. Então os meninos não tinha cobertura. Agora nós vamos diminuir e muito a incidência dessa doença que é grave,” diz.

Robson ressalta que os pais não precisam ter receio em imunizar os filhos, pois se trata de uma cobertura normal, como qualquer outra. Ela ainda lembra que no caso das vacinas contra o HPV é feita em duas doses, sendo a segunda aplicada seis meses depois da primeira.

O superintendente de vigilância em saúde também destaca a vacinação contra a febre amarela. Segundo ele, a intenção é vacinar toda a população da zona rural, especialmente onde há a presença de macacos. Robson diz que existe vacina para todos, os interessados bastam procurar um posto de saúde.

A vacinação segue o ano todo e, a estimativa é que 80 por cento da população a ser imunizada seja atingida. O calendário com os postos de vacinação da você pode conferir aqui.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757