Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Francisco Jr (Foto: Larissa Artiaga/ Portal 730)
franciscojunior
O deputado estadual Francisco Jr. (PSD) afirmou nesta quarta-feira (08) que embora o PSD pertença a base do governador Marconi Perillo (PSDB), o apoio da sigla ao governo nas eleições do ano que vem ainda será avaliado.

Vários nomes pleiteiam um espaço na chapa majoritária da base. Um desses políticos é o presidente do PSD em Goiás e secretário estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Vilmar Rocha (PSD). Vilmar já deixou claro o interesse de disputar uma vaga para o senado. No entanto, o governador já sinalizou que pretende candidatar-se a senador e que votaria em Wilder Morais (PP) para a outra vaga de senador.

Considerando as atuais articulações políticas dos governistas, Francisco Jr ressaltou que o PSD só vai tomar uma decisão acerca da permanência na base no ano que vem. “O PSD é membro nato da base, mas em relação a eleição de 2018, o PSD vai tomar essa decisão no próximo ano. O PSD quer um espaço na chapa majoritária e nosso presidente Vilmar Rocha é o principal nome do partido”, afirma. Contudo, para o deputado, a tendência é que o PSD continue na base. 

Quanto às disputas internas no PSD, Francisco Jr disse que pretende ser candidato a deputado federal e que Thiago Peixoto (PSD) poderá ser candidato a reeleição como deputado federal. “Eu e Thiago somos amigos. Hoje, o desenho é para que eu seja deputado federal sim. Isso está já acertado com o Thiago, eu, ele e o Vilmar Rocha já conversamos sobre isso. Penso que ele (Thiago) será candidato a reeleição sim”, pontua.  

Acompanhe a reportagem completa:

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757