Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Isaura Lemos (Foto: Portal 730)
isaura
A deputada estadual Isaura Lemos (PC do B) analisou nesta sexta-feira (03), em entrevista concedida com exclusividade à Rádio 730, as perspectivas da oposição em Goiás para as eleições do ano que vem.

Apesar de ser da oposição, a deputada não descartou a possibilidade de que o PC do B venha a apoiar a base ligada ao governador Marconi Perillo (PSDB) em algumas pautas.

“O PC do B hoje está na oposição. Mas como vocês (jornalistas) sabem, hoje a oposição ao governo Marconi é muito frágil, numericamente insignificante. As opções apresentadas hoje [pré-candidaturas de Daniel Vilela e Ronaldo Caiado (oposição); José Eliton (base)] ainda não dialogam com as propostas do nosso partido. É possível pontualmente buscar uma parceria em alguns pontos do governo Marconi. Nós achamos interessante esse caminho desenvolvimentista do estado”, afirma Lemos.

Ainda com relação ao cenário político goiano, a deputada disse que o PC do B está conversando com outros partidos de Esquerda para avaliar a possibilidade de lançamento de uma candidatura esquerdista nas próximas eleições. “Por enquanto, nas candidaturas que estão apresentadas, hoje a possibilidade maior é de parceria com o governo. Nós estamos conversando com outros partidos de Esquerda para ver se conseguimos construir um nome que possa de fato de contrapor às candidaturas já colocadas, mas acho difícil”, pondera.

No que se refere à política nacional, Isaura disse que, nos bastidores, o governo estaria montado estratégias para cancelar as eleições do ano que vem para impedir a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Estão tentando implantar uma nova forma de poder, talvez o parlamentarismo, para não realizar as eleições em 2018 e deixar o pleito completo com votos para presidente, prefeito, vereador, para 2020. O objetivo é assegurar que as reformas sejam colocadas em prática. Se o Lula for eleito, todo esse esforço dos golpistas será em vão”, declara.

Acompanhe a entrevista completa:

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757