Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Iris Rezende e José Eliton conversam no palanque oficial do desfile de 84 anos de Goiânia (Foto: Jerônimo Junio/Portal 730)
iriseliton
Goiânia e região metropolitana vivem uma das piores crise hídricas dos últimos tempos, principalmente devido ao período de seca, no qual o principal fornecedor de água, o Rio Meia Ponte, encontra-se com o leito bem abaixo do necessário.

Apesar do esforço do poder público, com a inauguração do Complexo de Abastecimento Mauro Borges, na barragem do João Leite, a água não chega em todas as torneiras e a população ainda vive o drama do desabastecimento.

Em relação à questão da falta de água, o governador em Exercício de Goiás, José Eliton (PSDB), durante a comemoração de aniversário de Goiânia, destacou que se reuniu com técnicos da Saneago e que medidas serão tomadas para pôr fim à crise hídrica.

O prefeito de Goiânia, Iris Rezende (PMDB), também comentou a falta de água na capital. Ele disse que ainda não debateu o tema, porque a Saneago, empresa responsável pelo abastecimento da Capital, ainda é de responsabilidade do Estado.

Iris ainda ressaltou a seriedade da crise hídrica em Goiânia e, caso a Saneago tenha dificuldades em resolver o problema, a prefeitura não terá problema em assumir a empresa em uma possível municipalização do serviços de água e tratamento de esgoto.

Do repórter Jerônimo Junio

 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757